Catarata

O que é a catarata?

A catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho). Para pessoas que têm catarata tem a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada. Essa visão nublada pode tornar mais difíceis tarefas como ler, dirigir um carro ou interpretar a expressão das pessoas.
A maioria das cataratas se desenvolve lentamente e não perturba a sua visão desde o início. Mas com o tempo, a catarata acabará por interferir na visão.
De acordo com a (OMS) Organização Mundial de Saúde, a catarata é responsável por 51% dos casos de cegueira no mundo, o que representa cerca de 20 milhões de pessoas.  Como a expectativa de vida da população mundial está aumentando, o número de pessoas com catarata tende a crescer. A catarata é também um importante causador de baixa visão em países desenvolvidos e em desenvolvimento.


Tipos de cataratas:


Catarata relacionada à idade
Também chamada de catarata senil, essa forma da doença ocorre por causa do envelhecimento. A catarata relacionada à idade é dividida em três tipos, dependendo de sua localização:
•    Cataratas nucleares se formam no centro da lente, tornando o núcleo do olho turvo ou opaco. O centro do olho pode ficar com uma coloração amarela ou castanha
•    Catarata cortical aparece na forma de cunha e em volta das extremidades do núcleo
•    Catarata subcapsular posterior se formar mais rapidamente do que os outros dois tipos, e afeta a parte de trás da lente.


Catarata congênita
A catarata congênita está presente no nascimento ou se forma durante o primeiro ano de um bebê. Esse tipo é menos comum do que catarata relacionada à idade. Esse tipo de catarata nem sempre apresenta sintomas e pode ser removida se ela interfere com a visão do bebê. A catarata congênita pode se desenvolver se a mãe tiver uma infecção ou abusa de substância como drogas e álcool durante a gravidez. A catarata congênita ocorre em um a cada 5 mil nascimentos.


Catarata secundária
Cataratas secundárias são causadas por doenças ou medicamentos. As doenças que estão associadas ao desenvolvimento de cataratas incluem glaucoma e diabetes. O uso de medicamentos esteroides pode levar à catarata.


Catarata traumática
Cataratas traumáticas se desenvolvem após uma lesão no olho, embora possa levar vários anos após o evento para que isso aconteça.


Catarata de radiação
Cataratas de radiação podem se formar depois que um paciente passa por tratamento envolvendo radiação para tratar o câncer, por exemplo.

Fatores de risco
Os fatores que aumentam o risco de catarata incluem:
•    Idade
•    Diabetes
•    Beber quantidades excessivas de álcool
•    Exposição excessiva à luz solar
•    Exposição à radiação ionizante, tal como a utilizada nos raios X e radioterapia para câncer
•    História familiar de catarata
•    Pressão arterial elevada
•    Obesidade
•    Lesão ocular prévia ou inflamação
•    Cirurgia ocular anterior
•    Uso prolongado de medicamentos corticosteroides
•    Tabagismo.


Sintomas de Catarata
* Visão nublada, confusa ou nebulosa
* Visão com brilho de lâmpadas ou do sol
* Dificuldade de dirigir à noite devido ao brilho dos faróis
* Visão dupla
* Melhoria da visão de perto que, em seguida, fica pior


Catarata é (embaçamento) do cristalino (lente interna dos olhos). Pode ser causada por medicamentos, doenças como diabetes e uveítes, e acreditamos também por mau uso dos olhos (muita visão de perto, e o mau hábito de não olharmos longe, não movimentarmos o olhar e não relaxarmos nossa visão).


Os pais precisam prestar atenção para sinais de catarata em bebês e crianças:
•    A criança pode não olhar diretamente para um ponto ou não responder a rostos ou objetos grandes e coloridos. Uma criança que não consegue encontrar pequenos objetos quando está engatinhando pode ter catarata

    A criança pode apresentar proteger os seus olhos mais do que o esperado quando sob luz solar intensa. Isso acontece por causa do brilho refletido nos olhos causado por uma catarata
•    Os olhos da criança podem estar desalinhado e não se concentrarem em um mesmo ponto ao mesmo tempo (estrabismo)
•    Os olhos afetados podem ter movimentos errantes repetitivos (nistagmo). Isso geralmente é um sinal tardio de cataratas. Este sinal pode não se desenvolver até que o bebê atinja vários meses. A remoção da catarata, provavelmente, não vai corrigir toda a perda de visão nesse ponto.

Tratamento Natural
•    Faça o Palming. Pratique no mínimo 6 minutos de cada vez, diversas vezes ao dia.
•    Olhe longe no mínimo 10 minutos por dia.
•    Automassagem todos os dias e receba massagem de um profissional ou outra pessoa o quanto puder.
•    Faça o Sunning quando tiver sol e o Skying quando estiver nublado
•     Cuide da sua alimentação e Nutrição.
•    Fazer exercícios ou atividades físicas
•    Faça exercícios que ative a circulação do seu sangue.
•    Faça exercícios de respiração.

     Entre em contato e marque um atendimento com um profissional para dar início aos exercícios para o seu problema de visão através do botão abaixo.

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube