Dor Crônica

  ** Dor crônica: o que fazer quando o sintoma se torna uma doença?


  * Dores que não passam são mais comuns em mulheres do que em homens.
  * A dor é uma resposta de defesa do organismo, mas ela também pode funcionar de maneira errada ou exagerada caracterizando uma doença: a dor crônica. Quando o cérebro interpreta que a dor não está sendo "resolvida" ele fica ainda mais "sensível" aos estímulos da dor, captando-os de forma mais intensa. O recrutamento de um outro sistema nervoso chamado autonômico, faz com que a dor fique ainda mais "enraizada" e de difícil resolução. O sistema de dor também pode ficar doente, gerando as dores crônicas.
  * Geralmente as mulheres são mais suscetíveis às dores crônicas devido a sua genética e hormônios. Por exemplo, o uso de salto alto, a menopausa e a falta dos hormônios protetores dos ossos, assim como durante a gravidez - em que a coluna experimenta alterações no seu eixo - são fatores da mulher que propiciam a dor.


  ** Principais dores crônicas
  * A principal dor crônica é a dor de cabeça, seguida da dor na coluna. Por exemplo, 75% das pessoas irão experimentar ao menos uma vez na vida um "travamento" na coluna lombar, enquanto cerca de 38% irão desenvolver algum tipo de dor na coluna durante a vida. Estas duas dores correspondem a maioria das dores, seguidas das dores nas articulações.
  * Ainda não se provou porque estas regiões são mais afetadas, mas acredita-se que na dor de cabeça os fatores hormonais são os principais fatores relacionados, enquanto na coluna os fatores genéticos e posturais seriam os mais importantes.


  ** Tratamento da dor crônica
  * É importante tratar a dor crônica, pois ela pode gerar uma queda na qualidade de vida, desânimo - a pessoa não quer sair por causa da dor, nem tem ânimo para fazer as suas atividades - depressão, irritabilidade (gerando até um problema de convivência com a família e amigos), baixa produtividade no trabalho, dentre outros fatores.


  ** Os principais tratamentos para qualquer tipo de dor baseiam-se em:
  * 1. Exercícios físicos orientados: o movimento é um dos melhores remédios para as dores, benefício comprovado cientificamente. A liberação de endorfinas e a movimentação articular e óssea geram no cérebro um efeito analgésico.
  * 2. Fortalecimento muscular: o fortalecimento dos músculos irá proteger as estruturas ósseas, como a coluna e os joelhos, por exemplo, diminuindo e evitando as dores. Mas este fortalecimento tem que ser orientado por um profissional da área, principalmente para quem já apresenta dor.
  * 3. Fisioterapia analgésica: é utilizada nas dores agudas por um profissional da área. São utilizadas técnicas como o ultrassom, o laser, o alongamento e a estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS).
  * 4. Medicamentos: são utilizados remédios em alguns casos de dor, sendo que cada doença apresenta tipos de tratamentos com drogas específicas a serem avaliadas pelo médico. A automedicação bem como o uso prolongado podem deixar a dor crônica, não sendo uma prática aconselhável.
  * 5. Bloqueio da dor: o procedimento é feito através de uma agulha guiada e anestesia local, colocando o medicamento na região afetada pela dor. Utilizamos, por exemplo, na coluna ou no nervo ciático nos casos de hérnia de disco, tentando "desinflamar" a região.
  * 6. Radiofrequência: uma agulha é introduzida na região chegando aos nervos acometidos, que serão tratados pelo método de radiofrequência, que nada mais é do que um tipo de energia que faz com que o nervo interrompa a mensagem de dor enviada ao cérebro.
  * 7. Cirurgia: em casos específicos, são feitas intervenções cirúrgicas com técnicas convencionais ou minimamente invasivas. Esses casos normalmente englobam alguns tipos de dor, como a hérnia de disco que não foi resolvida com os passos clínicos, bloqueios e radiofrequência.

FAZENDO O TRATAMENTO COMPLEMENTAR

> Primeiro Passo: Limpe todas as TOXINAS do seu corpo. A toxina é a principal forma de fazer com que a dor volte.

< FRASE: ESTOU LIMPANDO TODAS AS TOXINAS DO MEU CORPO (liste tudo o que você comeu, bebeu ou inalou nas ultimas 24 horas, inclusive remédios)

< Faça o TAPPING em cada ponto enquanto vai dizendo a frase acima e pensando na lista.

< Pontos:  I -LM 

  

  OU

Vamos fazer a terapia dos 7 segundos

Essa terapia serve para : Fortalecer o sistema imunológico;

                                          Alinhar e Equilibrar o nosso corpo.

Com o nosso sistema imunológico fortalecido, alinhado e equilibrado ele se torna mais eficiente ao combate para eliminar todo e qualquer vírus e bactérias nocivos à nossa saúde e a limpeza de todas as toxinas de nosso corpo. 

** Vamos ao exercício**

1) Colocar uma mão na testa e outra no crânio ( na nuca)

2) Soltar as mãos e INSPIRAR pelo nariz, enchendo bastante os pulmões.

3) Pressione as mãos de LEVE na testa e no crânio enquanto EXPIRA pela boca até os pulmões ficarem vazios.

4) Enquanto estiver espirando mentalize a frase : ESTOU ELIMINANDO TODAS AS E TOXINAS DO MEU CORPO.

Volte ao 2 e comece novamente. Repetir o exercício por 5 vezes seguidas, pelo menos 1 vez ao dia.

> Segundo Passo : Vamos movimentar todo o corpo visualizando o movimento antes de fazê-lo.

 * A neurociência explica que na visualização do movimento é a mesma energia que se usa quando se faz o movimento, a corrente elétrica que o cérebro emana para o corpo é na mesma intensidade de quando você faz o movimento.

 * 1 - CRUZE OS BRAÇOS: conte até 10 e troque a posição desse cruzamento e conte até 10 novamente, fale com você mesmo(a) o que sente, solte os braços e relaxa por 10 segundos.

 * 2 - ENTRELACE OS DEDOS: conte até 10 e agora troca os dedos de posição e conte até 10, responda, como se sente? Solte as mãos e relaxa por 10 segundos.

 * 3 - CRUZE AS PERNAS: Sentado fique com as pernas cruzadas e sente seu corpo. observa para onde vai o peso do corpo, como força um dos lados de seu corpo. Agora troca de perna cruzando do outro lado e observa também o peso indo para o outro lado, responda Como se sente? Descruze as pernas, relaxe e se solte por 10 segundos.

 * 4 - Deite-se e faça movimentos leves com os braços, as mãos, as pernas, os joelhos, o quadril, o bumbum, mexa também a cabeça de um lado para outro bem devagar, abre e feche os olhos, a boca - Primeiramente você vai visualizar os movimentos antes de fazê-los, um a um.

> Terceiro Passo: Vamos fazer os algoritmos repetindo a frase abaixo. Você começa com o primeiro algoritmo, anote em um papel  a numeração de 0 a 10 sendo 0 (pouca dor) e 10 (muita dor) e vai fazendo o exercício até zerar. Esse será o seu parâmetro para sentir a melhora no tratamento. Se você verificar que não está melhorando da dor e os números não estão abaixando passe a fazer o segundo algoritmo da mesma forma de 0 a 10 até zerar. Caso a dor não esteja passando entre em contato com a gente e marque uma consulta.

 > FRASE: ESTOU ME LIVRANDO DESSA DOR (Se for uma doença falar o nome da doença)

 > Primeiro Algoritmo - Pontos: LMIS - AO – AA – C - MI - C - I - C - G50 - C   (Caso a dor não passe, faça o segundo algoritmo)

 

 > Segundo Algoritmo - Pontos :   LM - AN - IS - AO – AA – C - MI - C - I - C - LO - C - AN - Q - C - G50 - C    (Caso não passe a dor, agendar consulta com a terapeuta)

> TAPPING - Batidas de leve com as pontas dos dedos nos pontos meridianos indicados.

>ABREVIAÇÕES DOS ALGORITMOS:

     Todo tratamento terá melhores resultados com a ajuda de um profissional. Entre em contato e marque um atendimento com um profissional para dar início aos exercícios para o seu problema de visão através do botão abaixo.

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube